OFERTA DO DIA

Sistema de Queima Q48 – 1 ano de resultados em 8 semanas – 12x sem juros

Aproveitar

Como escolher um monitor de Frequência Cardíaca – parte I

Daniel Darugna Tecnologia 3 comentários">3 comentários
monitor

Hoje iniciamos uma série de 4 artigos sobre como escolher um monitor cardíaco ou Monitor de Frequência Cardíaca. Eu confesso que realmente conhecia pouco sobre o assunto até decidir por comprar o meu. Confesso também que se tivesse todo o conhecimento que adquiri pesquisando sobre o assunto no momento que fiz a compra, provavelmente teria optado por um modelo diferente.

O modelo que comprei é ruim?

Não, ele funciona muito bem. Mas conforme vamos treinando mais, nossa necessidade por informações também aumenta, temos que ter isto e alguns outros fatores em mente na hora da escolha. Mas vamos com calma, passo a passo conseguiremos esclarecer esta e outras informações relevantes para uma boa tomada de decisão.

Considero que esta série será uma importante fonte de informação e acredito ser válida para você que é um novato ou para você que já é um atleta experiente. Se você já tem um monitor de freqüência cardíaca, e está à procura de novas maneiras de usá-lo pesquise no nosso blog, temos uma boa série de artigos que trata deste tema.

Neste primeiro post, vamos responder algumas perguntas. Serão perguntas simples, mas que no decorrer dos próximos posts estas perguntas terão uma utilidade fundamental para você possa fazer a escolha correta do melhor dispositivo para o seu perfil, seu gosto e suas preferências pessoais.

Até o final da série, você saberá exatamente o que você precisa.

Lembre-se, “Sempre consulte seu médico antes de iniciar qualquer plano de exercícios.”

Como a Frequência cardíaca se relaciona com o exercício físico?

Sua freqüência cardíaca é um dos melhores indicadores ​​de condicionamento físico. Quando você se exercita, seu coração bombeia o sangue rico em oxigênio dos pulmões para os músculos e vice-versa. Quanto mais você exercita, mais combustível os músculos precisam, e mais rápidos serão seus batimentos cardíacos.

Para maximizar os benefícios do exercício, é fundamental adequar a intensidade do treino ao que o seu corpo é capaz de fazer, e seu ritmo cardíaco é o seu indicador para modificar o nível de intensidade e maximizar os benefícios. Quanto melhor seu preparo físico, mais sangue o coração bombeia a cada batida, seus músculos recebem mais combustível, e seu coração se torna mais eficiente, batendo em um ritmo mais lento.

Um monitor de freqüência cardíaca permite que você acompanhe a batida do seu coração e veja se ele vai ficar no mesmo nível ou diminui medida que progride no treino.

Quem pode se beneficiar de um monitor de freqüência cardíaca?

  • Corredores casuais e caminhantes: Quem faz exercícios recreativos pode se beneficiar de monitores de frequência cardíaca da mesma forma como os atletas de elite fazem. Verificando se você está na zona alvo aeróbica em seu monitor de frequência cardíaca, você poderá garantir que você estará correndo com mais eficiência aproveitando melhor o seu tempo de exercício do que se obteria em um passeio típico em torno da quadra em que você mora.
  • Corredores: Um monitor de freqüência cardíaca ajuda a treinar em sua zona alvo de pico em dias de treinamento intenso e você pode manter-se em sua base aeróbica durante as sessões mais fáceis. Alguns monitores também podem alertá-lo quando você está desidratando ou chegando a um déficit nutricional.
  • Ciclistas: O monitor de freqüência cardíaca controlará o desempenho do seu treinto, seja durante passeios, treinos de resistência e intervalos, seja você um ciclista de trilha ou estrada. Alguns modelos podem apresentar mais dados através de um sensor de cadência ou sensor de pé.
  • Caminhantes e alpinistas: No caminho morro acima, usar um monitor de freqüência cardíaca para controlar a sua condição torna-o mais eficaz para a chegada ao pico.
  • Quem deseja perder peso: monitorar a freqüência cardíaca, exercícios regulares e um regime alimentar sustentável são os pilares de qualquer programa de perda de peso bem sucedido. A maioria dos modelos exibem calorias queimadas durante um treino, muitos podem ajudar a direcionar o seu exercício para a eficiência de queima de gordura máxima. Mas não iluda-se, manter-se na “zona de queima de gordura” pode não ser a melhor estratégia. Quer perder peso (emagrecer)? Esqueça a Zona de Queima de Gordura!
  • Pacientes em reabilitação de lesões: informação em tempo real é valioso para os médicos e seus pacientes em recuperação de uma lesão ou uma doença, incluindo um incidente cardíaco. Tais dados podem ajudar a garantir que o seu retorno gradual à plena força e resistência prossegue de forma segura e de forma constante. Seu design leve e discreto faz um monitor de freqüência cardíaca fácil de usar durante as atividades normais, bem como durante o exercício.

Como é que um monitor de freqüência cardíaca funciona?

A maioria dos monitores de freqüência cardíaca têm uma cinta peitoral para captar sinais de pulsação elétrica na pele de seu peito e transmitir esses dados sem fio para o relógio, onde a frequência cardíaca é exibida. Há uma pilha na cinta do monitor cardíaco para alimentar o transmissor, e outra no relógio para alimentar o relógio. Em muitos relógios, os dados da frequência cardíaca podem ser armazenados e transferidos para um computador para análise posterior. Isso é ótimo se você quiser acompanhar o seu progresso ao longo do tempo.

Ainda não se convenceu de comprar um?

Sem um monitor de freqüência cardíaca, a maioria de nós faz passa dos limites, ou seja, treina em uma intensidade muito elevada, gastamos muita energia, levamos muito tempo para se recuperar, e nosso condicionamento vive em uma montanha russa com evolução lenta ou nenhuma. É difícil ser objetivo sobre o nosso nível de condicionamento físico sem nenhuma ajuda externa. A falta de sono, estresse no trabalho, overtraining, doença, todos estes fatores impactam no nosso condicionamento, mas não podemos medir. É por isso que as vezes não conseguimos entender por que não conseguimos perder aqueles últimos 5 quilos conseguimos correr aquele último quilometro, ou por aqueles 10kg a mais no supino. Mesmo os monitores de freqüência cardíaca mais básicos fornecem informações objetivas que medem a melhoria no nosso desempenho.

No próximo post, falaremos sobre todas as maneiras possíveis que existem para medir a frequência cardíaca. Iremos abranger diferentes métodos de armazenamento e exibição de sua freqüência cardíaca. Nós vamos abordar também uma forma relativamente nova que está se tornando cada vez mais popular, usar uma fita de monitoramento cardíaco integrada com o seu iPhone ou celular com Android em vez de comprar um relógio. Abordaremos também as características básicas que você precisa saber antes de comprar.

Você já conhecia estas informações básicas sobre monitores de frequência cardíaca? Possui alguma informação adicional que não abordamos? Confira nossos próximos posts.

Aproveite e conheça toda nossa série de artigos sobre como escolher um monitor de frequência Cardíaca:

Tecnologia Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Quer emagrecer? Deixe seus dados e receba periodicamente nossas dicas de dieta e estilo de vida saudável!

Daniel Darugna

Formado em Administração, certificado Project Manager Professional pelo PMI. Faixa marrom de Jiu-Jitsu. Alquimista na cozinha. Pesquisador na área da Saúde e Fitness e evangelista de um estilo de vida saudável. 

Artigos Recentes:

Receba em seu e-mail dicas sobre emagrecimento e estilo de vida saudável...