OFERTA DO DIA

Sistema de Queima Q48 – 1 ano de resultados em 8 semanas – 12x sem juros

Aproveitar

Conheça as Trilhas no Death Valley

Melanie Mafli Saúde 2 comentários">2 comentários
capa-death

Gosta de trilhas? Você já se imaginou fazendo uma trilha no meio do deserto?
Por quê não conciliar viajem de férias com algumas trilhas? Vamos mostrar pra vocês aqui como isto foi possível. Fazer trilhas no deserto pode ser bastante interessante, diferente e até perigoso.

Na nossa última viagem á Califórnia, nos Estados Unidos, decidimos incluir o Vale da Morte (Death Valley) no nosso roteiro. Algo bem diferente que até então nunca tínhamos visto. Na verdade atravessamos uma parte do deserto para chegar a nosso outro destino, o Yosemite National Park. Falaremos em um outro post.

O que é o Vale da Morte, ou Death Valley?

O Vale da Morte é um considerado um Parque Nacional. É uma árida depressão localizada ao norte do Deserto de Mojave, nos Estados Unidos, na Califórnia. Estende-se por aproximadamente 225 km, ao longo da fronteira da Califórnia com o estado de Nevada, a aproximadamente 160 km oeste de Las Vegas.

Um dado interessante, é que foi nesta região o registro da segunda temperatura mais alta do planeta, 56,7°C.
Death Valley
Para entrar parque ou atravessar é preciso pagar uma taxa de $20,00 por carro.

Death Valley
Ingresso para entrar no Death Valley!

Neste parque nacional dos Estados Unidos você pode encontrar muitas coisas, além do cenário que a própria natureza nos expõe, é fascinante! Existem trilhas, cidades fantasmas, esculturas da própria natureza, um Castelo (Scotty’s Castle), Minas, entre outras coisas.
Death Valley
Bem vindo ao Death Valley!

Claro que no deserto existem certos riscos, por isso vão algumas dicas:

Cuidados ao entrar no parque.

  • Leve muita água!

Hidratar-se é MUITO importante, pois o calor é muito intenso e o ar é seco. Quando você sentir sede, beba água, muita água.

  • Protetor solar!

O sol predomina o dia inteiro e os raios solares são intensos. Use muito protetor solar e aplique várias vezes ao dia.

  • Roupas leves!

Em um lugar tão quente como este é importante que você use a vestimenta correta. Quando o calor é muito intenso é preferível se cobrir por inteiro do que deixar a pele exposta ao sol. Escolha blusas de manga cumprida e finas.

  • Chapeu!

Se você está no deserto esteja usando um chapéu. O calor é tanto que proteger a cabeça ajuda muito. Além de evitar queimaduras.

  • Abasteça seu carro!

No deserto existem poucos um quase nenhum posto de gasolina. Certifique-se de abastecer antes de entrar no deserto.

  • Ar condicionado!

Ter ar condicionado no carro essencial! Você não irá aguentar muito tempo fora do carro depois das 10h da manhã, e ao entrar nada melhor do que ligar o ar e tentar baixar sua temperatura com ar e bastante água.

  • Trilhas

Temperatura Death Valley
Temperatura na Death Valley!

Evite fazer trilhas após as 10h da manhã. O calor é extremo, lembre-se que você está no deserto.

  • GPS

No Vale da Morte não há área para celular, você fica realmente desconectado do mundo. Portanto nem internet irá funcionar. Se você optar por utilizar o GPS, precisa baixar os mapas antes de entrar no deserto. Pois o GPS funciona sem internet, mas os mapas precisam estar previamente baixados.

Não se preocupe em dirigir no Deserto, este parque têm mais quilômetros de estradas do que qualquer outro parque nacional nos EUA.

Death Valley!
Na Route 66 indo para Death Valley!

Como nosso foco neste post são as trilhas, iremos relacionar quais são elas. A maioria das trilhas são curtas devido ao calor que nos expomos, mas uma vez adaptados da para fazer trilhas um pouco maiores.

Nós tivemos apenas um dia para atravessar o deserto, portanto optamos por fazer duas trilhas de 45 minutos cada uma, e no mais fazer paradas em pontos específicos para fazer fotos.

É interessantes saber também que é possível fazer algumas trilhas de bike. Existem várias estradas onde você pode passar com a bike e fazer seu passeio do seu jeito.

Trilhas no Death Valley:

1. Golden Canyon Interpretive Trail

Dificuldade: Fácil
Distância da trilha: 1,6 km
Esta trilha é mais fácil e bastante linda por passar por canyons coloridos. No meio da trilha você poderá se deparar com a Red Cathedral.

Golden Canyon!
Na trilha do Golden Canyon.

Esta foi uma das trilhas que escolhemos fazer. Linda demais! No início assusta um pouco, pois você está no deserto e o calor é intenso. Mas conforme você vai entrando na trilha e se envolvendo com a natureza você tira forças que você não sabia que tinha. E tudo se torna mágico!

2. Gower Gulch Loop

Dificuldade: Moderada
Distância da trilha: 6.4km Ida e volta
Ela é uma continuação da primeira trilha sitada acima. Nesta trilha você encontrará corredor de canyons, rochas coloridas, e uma antiga mina.

3. Desolation Canyon

Dificuldade: Fácil
Distância da trilha: 4,8km
O caminho é bastante estreito através de rochas coloridas. Nesta trilha você irá subir para o canyon sempre mantendo a direita.

4. Natural Bridge Canyon

Natural Bridge Canyon
Ponte Natural desta trilha!

Dificuldade: Fácil
Distância da trilha: 1,6km até o final do Canyon mais 0,8km até a ponte natural.
A caminhada é bastante íngrime e através de canyons estreitos. No meio da trilha você irá encontrar uma ponte natural e no final dela uma cachoeira seca. Ela é chamada de ponte natural mas ela parece mais um arco esculpido em pedra pela natureza.

5. Badwater Salt Flat

Badwater salt flat
Eu na Badwater Salt Flat!

Dificuldade: Fácil
Distância da trilha: ½ milha até a ponta, 5 milhas para atravessar
Este é uma trilha onde você irá atravessar a parte mais baixa da América do Norte. Por se localizar abaixo do nível do mar.

Se você tiver sorte e for após uma temporada de chuva, poderá avistar crista de cristais de sal que cobrem um lago temporário. Como esta é uma área muito quente, extremamente quente na verdade, evite fazer esta trilha na temporada de calor máximo.

Badwater Salt Flat
Badwater Salt Flat

Se preferir não fazer trilha, você pode ir até de carro e estacionar em frente ao ponto turístico. Assim você poderá avisar este lago de sal sem ficar muito tempo exposto ao sol.

6.Salt Creek Interpretive Trail.

Dificuldade: Fácil
Distância da trilha: 0,8km ida e volta
Esta é uma pequena trilha numa estreita beirada para visualizar a vida selvagem que há no deserto. Melhor época é no final do inverno e início da primavera.

7. Mesquite Flat Sand Dunes

Dificuldades: Fácil para moderado
Distância da trilha: 3,2km para a duna mais alta
Esta é uma trilha nas maravilhosas dunas do deserto. Com corte, poderá ver algumas pegadas de animais que ali passaram. A melhor hora para subir nas Dunas é de manhã ou final de tarde para presenciar as luzes da natureza. Também ótimo para fazer na noite de lua cheia.

8.Mosaic Canyon

Mosaic Canyon
Uma parte da trilha do Mosaic Canyon!

Dificuldade: Moderada
Distância da trilha: De 08,km a 3,2km
Esta é uma trilha bastante popular onde passará por canyons estreitos, coloridos e polidos naturalmente. As primeiras 0,8 km é bastante estreito. Mosaicos de fragmentos de pedras coladas pode ser visto nas paredes do canyon.
As vezes é possível se deparar com Carneiros Selvagens.
Mosaic Canyon
Esta foi uma das trilhas que fizemos durante a nossa passagem pelo deserto. A trilha é realmente linda e vale muito a pena. Claro que o calor é extremo e poucos km se tornam distantes devido ao ambiente que nos encontramos. O esforço que é preciso fazer é muito maior.

Mas a natureza deste lugar é divino! Eu faria novamente sem exitar.

Na volta da trilha o Daniel resolveu correr para superar seus limites. Claro que as condições estavam boas, ele se sentia bem e havia bebido bastante água. Vejam o vídeo abaixo:

 

 

Devido aos canyons a trilha tem bastante sombra o que ajuda na hora de caminhar.

9.Titus Canyon Narrows

Dificuldade: Fácil
Distância da trilha: 1,6km somente ida.
Esta trilha é de fácil acesso para a baixa titus canyon. No caminho para esta trilha existe uma cidade fantasma que é possível visitar também. Além da vida selvagem que você encontrará neste lugar.

10.Dante’s Ridge

Dificuldade: Moderado
Distância da trilha: 0,8km para a primeira cúpula, 6,4km somente ida para chegar ao Mt. Perry.
Esta trilha tem vistas espetaculares e é um ótimo lugar para fugir do calor extremo.

11.Little hebe Crater Trail

Little Hebe Crater Trail
Little Hebe Crater Trail

Dificuldade: Moderado
Distência da trilha: 0,8km simente ida
Neste caminho irá encontrar crateras vulcânicas e erosões elaboradas.

Para pessoa mais aventureiras que gostam de desafios maiores tem trilhas mais longas e com grau de dificuldade maior, como :

1. Death Valley Buttes

Dificuldade: Difícil
Distância da trilha:1,6km para o topo da primeira pedra.
Esta trilha inclui escaladas nas pedras, e isso existe um esfoço maior. Mas com certeza para aventureiros vale muito a pena.

2. Fall canyon

Dificuldade: moderada para difícil
Distância da Trilha: 4,8km somente ida
É um canyon espetacular perto da Titus Canyon. Aqui você também terá de trilhas a escaladas no seu percurso.

3. Little Bridge Canyon

Dificuldade: Moderada a difícil
Distância da trilha: 4,8km somente ida.
Poder escalar o arco ou como chamado natural bridge deve ser uma sensação única. Por isso amantes deste tipo de esporte adoram esta trilha.

Trilhas para o alto verão ( profissionais):

1. Wildrose Peak Trail

Dificuldade: Moderado a difícil
Distância da trilha: 6,4km somente ida.
Um ótimo lugar para fazer escaladas e que lhe dá uma vista linda no topo. Bastante íngreme no final da trilha.

2. Telescope Peak Trail

Dificuldade: Difícil
Distância da trilha: 11,2km somente ida.
Trilha para o pico mais alto do parque. Para poder escalar esta rocha é preciso de bastante experiência. Portanto só vá se você se sentir seguro.

Cada trilha tem a sua beleza e suas dificuldades, mas com certeza essa terra de extremos vai mexer com vocês. E vale muito a pena participar de um desafio desses, pois a gente esquece as vezes o tamanho que o mundo tem e a energia que a natureza exerce em nós.

Qual a sensação de fazer uma trilha no deserto?

Falando por mim, é algo meio que inexplicável. Eu sempre gostei de fazer trilhas, e esta foi a primeira oportunidade que tive de fazer duas no deserto.

Sabe aqueles documentários onde as pessoas sobrevivem no deserto, em situações extremas? Você consegue se imaginar neles.

Quando estamos caminhando em um lugar tão grande, cheio de mistérios e calor exaustivo a nossa mente não para de funcionar. É um tempo que você tem para si, onde você conversa consigo mesmo.

O silêncio no local é incrível. Você não escuta vento, não escuta carros, dificilmente escuta pessoas, e animais. É somente você e as pessoas que estão te acompanhando, concentrados no caminho.

Trilha Death Valley
Emoção de fazer uma trilha no Death Valley!

Conforme fui caminhando senti que meu corpo precisava de mais energia e necessitava de água. Mesmo tendo levado 2 garrafas de água só pra mim para 1,6km era pouco. A água esquentava rápido demais, fazendo com que eu tomasse ela quente.

Se você ingerir água muito quente usará mais energia do seu corpo para igualar a temperatura do mesmo, então evite tomar muita água quente. Somente o necessário.

A nossa sorte é que a gente sabia que a trilha tinha um fim e no final entraríamos no carro com ar condicionado e a vida continuaria. E isso torna tudo divertido. Passar por esta experiência sabendo que no final vai dar tudo bem.

Agradeço por ter tido esta oportunidade, de poder estar em contato mais uma vez com a natureza, de ver o poder que ela tem sobre nós e perceber que existem coisas que são insignificantes perante a grandeza do mundo.

Como eu me senti fazendo trilha no deserto? VIVA! Viva para enfrentar as dificuldades, viva para cuidar do meu corpo e mente, viva para lutar pelo que eu quero.

E se você tiver a oportunidade de fazer uma trilha dessas, não excite. Se joga! Pois a vida muitas vezes te da uma única chance, APROVEITE!

Estrada na Death Valley
Estrada na Death Valley, passando pela Artist drive!

Saúde Tags: ,

Leia também:

    Quer emagrecer? Deixe seus dados e receba periodicamente nossas dicas de dieta e estilo de vida saudável!

    • Luciana

      Parabéns pelo detalhes ricos nessa postagem.
      De tudo o que procurei na internet, nada se compara com essa postagem e tantos detalhes que eu precisa colher, estou indo fazer os parques mais famosos no EUA em outubro/15 e estou buscando informações de todos para saber quanto tempo preciso ficar em cada um.
      Obrigada por compartilhar esse relato.
      Abs
      Luciana

      • https://plus.google.com/114981710314033100840/ Melanie Mafli

        Ola Luciana, obrigada pelo elogio. Fico feliz que tenha ajudado. Desejo ótimas férias e depois nos conte como foi. Beijos Mel

    Receba em seu e-mail dicas sobre emagrecimento e estilo de vida saudável...