OFERTA DO DIA

Sistema de Queima Q48 – 1 ano de resultados em 8 semanas – 12x sem juros

Aproveitar

Os benefícios de beber Vinho Tinto

Melanie Mafli Saúde 0 comentários">0 comentários
vinho

Você é daquelas pessoas que adoram degustar uma taça de vinho? Eu simplesmente amo! Agora que estamos nos aproximando do inverno fica ainda mais gostoso. É a combinação perfeita de frio, comida boa e companhia de pessoas maravilhosas. Para mim, esta é a cara do inverno.

Enquanto o álcool em excesso prejudica sua saúde, pesquisas recentes sugerem que uma ou duas taças de vinho por dia pode realmente contribuir para a sua saúde. Que ótima notícia! Considerado uma das bebidas alcoólicas mais antigas do mundo, quem poderia imaginar que ela poderia beneficiar a nossa saúde quando tomado com moderação?!

Mas quais seriam esses benefícios? É isso que vim compartilhar com vocês hoje, vamos entender em que uma a duas taças de vinho podem nos beneficiar na saúde.

Benefícios do vinho:

  • Redução do risco de morte para quase todas as causas: Pesquisadores europeus sugerem que o consumo moderado de vinho tinto por dia (22-32 g de álcool) tem um efeito protetor sobre a mortalidade para todas as causas. Segundo estudos da França, Reino Unido, Finlândia e Dinamarca, o consumo moderado de vinho é mais benéfico do que o de cerveja.
  • Doença cardíaca: Um dos benefícios que mais foi estudado no vinho tinto é o seu efeito cardio protetor. Os cientistas acreditam que o vinho tinto, reduz o risco de doença cardíaca coronária, reduzindo a produção de lipoproteínas de baixa densidade (LDL) e aumentando a lipoproteína de alta densidade (HDL) colesterol. Uma pesquisa feita em Harvard School of Public Health , publicado na revista Annals of Internal Medicine, 2007, diz que bebedores moderados de vinho que sofrem de pressão alta têm 30% menos probabilidade de ter um ataque cardíaco do que os abstêmios.
  • Coágulos de sangue: O vinho tinto produz anticoagulante ou antitrombótico. Os consumidores moderados de vinho têm níveis mais baixos de fibrinogênio, proteína que promove a formação de coágulos de sangue.
  • Aterosclerose: Vinho tinto pode prevenir a iniciação e progressão da aterosclerose (endurecimento das artérias). A aterosclerose inicia quando os vasos sanguíneos começam a perder sua capacidade de relaxar. Tanto o álcool quanto os polifenóis do vinho tinto parecem favoravelmente para manter saudáveis ​​os vasos sanguíneos através da formação de óxido nítrico (NO), o fator relaxante químico chave que desempenham um papel importante na regulação do tônus vascular.
  • Hipertensão: O consumo excessivo do álcool é geralmente considerado um fator de risco para a hipertensão. No entanto, há alguma evidência de efeitos favoráveis ​​do vinho tinto sobre a pressão sanguínea. Duas taças de vinho tinto (250 ml), tomadas durante uma refeição podem diminuir a pressão arterial em pessoas hipertensas.
  • Pedras nos rins: O consumo de vinho tinto reduz o risco de formação de pedra nos rins.

fotos de vinhedos

  • Doença de Alzheimer: O vinho ajuda a diminuir o risco de ter a doença de Alzheimer. Os pesquisadores descobriram que o resveratrol, um polifenol que é encontrado no vinho tinto, produz efeitos neuroprotetores.
  • Promove a longevidade: Consumidores do vinho têm uma taxa de mortalidade de 34% menor do que os bebedores de cerveja.
  • Reduz o risco de diabetes tipo 2: As pessoas que bebem moderadamente uma a duas taças de vinho tinto por dia tem 30% menos chance de desenvolver diabetes tipo 2 do que os que não bebem. Conforme uma pesquisa feita com 369.862 indivíduos durante uma média de 12 anos, na VU de Amsterdã na University Medical Center, publicado no Diabetes Care, em 2005.
  • Diminui o risco de AVC: A possibilidade de sofrer um coágulo de sangue cai em quase 50 % em pessoas que consomem quantidades moderadas de vinho. Fonte: estudo da Columbia University com 3.176 indivíduos em um período de oito anos.
  • Diminui risco de catarata: Bebedores moderados têm 32 % menos probabilidade de ter catarata do que os abstêmios, aqueles que consomem vinho têm 43 % menos probabilidade de desenvolver catarata do que aqueles que bebem principalmente cerveja. Fonte: estudo com 1.379 pessoas, feito na Islândia, publicado na revista Nature, de 2003.
  • Diminui risco de câncer de cólon: O consumo moderado de vinho (especialmente tinto) reduz o risco de câncer de cólon em 45 %. Fonte: estudo da Universidade de Stony Brook com 2.291 indivíduos em um período de quatro anos, publicado no American Journal of Gastroenterology, 2005.

Num dos benefícios citados acima falamos do Resveratrol, que é um polifenol encontrado nas cascas das uvas vermelhas. Ele me chamou a atenção pois parece ser uma das maiores fonte de benefícios de saúde do vinho tinto. Por este motivo resolvi escrever mais sobre ele e nos dar um melhor entendimento.

Como o Resveratrol atua?

  • Pode impedir a acumulação de gordura e reduzir a resistência à insulina, o que reduz o risco de diabetes.
  • Evita a formação de coagulação do sangue e placas nas artérias, melhorando a função vascular.
  • Anticancerígeno
  • Pode ajudar a diminuir o mal colesterol (LDL) e promover o aumento do bom colesterol (HDL)
  • Anti envelhecimento

Nossa, nem eu sabia que o vinho poderia ser tão benéfico quando consumido com moderação. Com certeza quando for tomar minha próxima taça de vinho vou pensar nesses benefícios. Você também gosta de degustar um bom vinho? Já sabia dos benefícios que podem nos trazer?

Vamos brindar a esta post, SAÙDE a todos!

Saúde Tags: , , ,

Leia também:

    Quer emagrecer? Deixe seus dados e receba periodicamente nossas dicas de dieta e estilo de vida saudável!

    Receba em seu e-mail dicas sobre emagrecimento e estilo de vida saudável...