A Canelite é um tipo de inflamação na região interna da tíbia, o principal osso da canela.

Você já ouviu falar ou já teve a famosa Canelite ou Síndrome de estresse do tibial medial?

Entenda de forma simples o que é a Canelite e as nossas dicas para prevenir e como tratar.

Até pouco tempo atrás eu não sabia o que era e nem como ela poderia interferir na minha rotina. Porém há 3 semanas eu descobri o que é a Canelite na pele, ou melhor na canela, e estou em fase de recuperação.

Primeiramente, gostaria de esclarecer que ter canelite não é o fim do mundo e você não vai morrer por este motivo, calma..

O maior problema que sentimos é que como estamos acostumados a uma rotina de treinos isto pode ser um pouco difícil de lidar. É um problema comum nos atletas, causando uma certa frustração. Vamos adiante.

O que é Canelite, Dicas para prevenir e tratar

O que é a Canelite?

canelite

A Canelite, como falamos no início, é uma inflamação do principal osso da canela, a TÍBIA, ou os tendões e músculos que envolvem a tíbia.

A musculatura anterior da tíbia é utilizada quando movemos nosso pé para cima. Sendo assim a dor fica intensa neste tipo de movimento.

Outra característica que percebi da canelite é a dor quando toco a região medial da canela. No começo, a minha dor parava ao terminar o treino, como não tratei no início, a lesão piorou e a dor ficou constante.

Se a canelite não não for tratada adequadamente podemos desenvolver microfissuras na região óssea até chegar a uma fratura por estresse. Mais a frente falaremos dos possíveis tratamentos.

Sinônimos da canelite

A canelite é um nome popular para a inflamação que explicamos acima e possui alguns outros nomes.

Ela pode ser conhecida como:

  • Dor na parte inferior da perna
  • Dor nas canelas
  • Dor tibial anterior
  • Síndrome do estresse na tíbia medial
  • MTSS
  • Dor na perna induzida por exercício
  • Periostite tibial
  • Canelite tibial posterior

Onde a Canelite Doi? A Região da dor

canelite

Área da dor na Canelite

A dor sentida na canelite fica na frente da parte anterior das canelas. A dor se localiza ao longo da extremidade interna da tíbia, que é o grande osso da canela.

No meu caso, estou sentindo dores quase em toda a canela, e na hora de colocar a bolsa fria nem consigo identificar onde é exatamente a dor.

A dor normalmente se intensifica ou inicia durante o exercício e melhora após algumas horas de descanso. Podendo até fazer você mancar ou andar de forma mais lenta.

Causas da Canelite, porque ela ocorre

A canelite é comum principalmente ocorrer nas pessoas que estão começando a treinar, pois o organismo destas pessoas ainda não está adaptado à atividade.

Os iniciantes muitas vezes possuem vícios ou ainda não desenvolveram habilidade para a prática esportiva.

Atletas experientes também podem desenvolver a canelite em função de treinamento em terrenos muito duros ou íngremes, aumento da freqüência ou da velocidade de treino precocemente.

Um atleta que teve seu programa interrompido por algum período, muitas vezes tenta voltar aos treinos no mesmo ritmo de quando parou, e isto pode causar a canelite também.

Algumas causas da canelite incluem:

  • Excesso de atividade
  • Treinos em superfícies duras
  • Tênis  inadequado
  • Pronação dos pés
  • Fatores genéticos
  • Problemas ligados a impacto em geral

Como diagnosticar a canelite?

médico

Consulte um médico ortopedista.

A dica de ouro aqui é: Se você estiver sentindo dores na canela toda vez que fizer uma atividade física e ela ficar constante, consulte um ortopedista.

Procure uma consulta médica se:

  • Sentir dor mesmo com repouso
  • Estiver inseguro se a dor é causada pela canelite
  • Não melhorar com o tratamento em casa em algumas semanas

O médico fará uma avaliação inicial e fará algumas perguntas que o guiarão para o melhor diagnóstico e tratamento.

Provavelmente irá lhe pedir alguns exames, como por exemplo uma ressonância magnética. Desta forma ele poderá avaliar qual a gravidade da inflamação causada pela canelite que você desenvolveu.

Após o retorno com os exames, em alguns casos será recomendado o melhor tratamento para o seu caso.

O Tratamento da Canelite

Seu médico poderá fazer algumas ou todas as recomendações abaixo:

  • Uso de anti inflamatórios não esteróides.
  • Gelo no local pelo menos 3 vezes por dia.
  • Descansar! Seu corpo precisa de descanso de pelo menos 3 a 4 semanas. Vai depender de como está a dor.
  • Trocar de tênis e se for o caso utilizar palmilhas personalizadas para o pé.
  • Alongamentos na região da Panturrilha
  • Fisioterapia.
  • Começar a treinar lentamente, e se possível em uma superfície mais macia, como o gramado.
  • Evitar qualquer atividade que tenha impacto
  • Não usar salto alto.

Como evitar ou prevenir a canelite:

1. Trocar de tênis

Isso mesmo, sabia que o tênis tem uma vida útil que varia de 480 a 640 km ou de 4 a 6 meses?

Seu Tênis ainda não atingiu o limite que falamos acima? Mesmo assim olhe para o solado do seu tênis e veja se ele está gasto. Se estiver, troque!

Um bom par de tênis absorve o estresse das pernas amortecendo cada passo que elas dão. O uso de uma palmilha ortopédica também pode ajudar.

2. Alongamento

Alongar a panturrilha

Alongar a panturrilha

Nunca esqueca de se alongar antes e depois de um exercício físico, leia mais aqui sobre A importância do alongamento.. E depois de aquecer, alongue novamente.
Alongue principalmente a região da panturrilha e canela.

3. Sem exageros:

Não exagere nos exercícios e se estiver com dores, pare. Respeitar e ouvir o próprio corpo é essensial.

4. Fortalecimento muscular:

O fortalecimento muscular é importantíssimo. Ela da a base e força para os ossos, fortalecendo a região. Isso fortalecerá os músculos em volta da tíbia, que apoiarão suas canelas com mais eficiência quando você correr ou praticar algum exercício de impaco.

5. Correr em superfícies macias:

Corra em terrenos macios

Corra em terrenos macios

Correr sobre asfalto/cimento gera estresse extra sobre suas pernas, prefira escolher correr em grama ou trilha na terra. Claro que não terá como evitar sempre, mas tente alternar seus treinos para não estressar muito as pernas com o impacto.

6. Descanso:

O descanso faz parte de uma vida saudável. Se começar a sentir uma leve dor, descanse por dois ou três dias.

7. Emagreça:

Isso mesmo, peder peso (se estiver acima do peso). O peso extra dificulta a corrida e prejudica os joelhos e canelas, pois causam maiores impactos.

8.Compre meias ou polainas de compressão

usar polainas de compressão é uma boa ideia

usar polainas de compressão é uma boa ideia

Usar polainas de compressão ajuda bastante, pois ele contrai a musculatura e melhora a circulação. Logo ao vestir a dor já diminui um pouco.

Posso praticar alguma outra atividade física?

Claro que pode! O problema são as atividades com muito impacto. Ainda bem que existem atividades que podem ser praticadas até a canelite melhorar.

Consulte o seu médico e lhe peça uma indicação de atividade física. No meu caso, o médico permitiu que eu fizesse: Natação, Elíptico e/ou Bike.

Mas acredito que haja outras atividades que também possam ser feitas, como Pilates, Ioga, musculação, entre outros.

Se você sempre praticou atividades físicas, não pare de se exercitar devido a Canelite. Se parar, sua resistência pode diminuir e quando voltar a se exercitar pode se decepcionar com a falta de resistência.

Além disso se você sempre praticou exercícios físicos, principalmente em alta intensidade, e de repente parar, vai sentir na balança. Não jogue fora o que já conquistou!

Considerações Finais:

Aprender a escutar e respeitar os limites do nosso corpo é essencial. Se você estiver com a Canelite, saiba que é passageiro.

Que é melhor cuidar da melhor maneira possível e se recuperar logo e voltar com tudo do que insistir no erro e acabar se prejudicando.

Fácil não é, pois sei quando se tem uma meta e um comprometimento é difícil de aceitar uma falha. Mas ela faz parte da nossa vida. Uma vez que ela passar damos a volta por cima e voltamos mais fortes ainda.