OFERTA DO DIA

Sistema de Queima Q48 – 1 ano de resultados em 8 semanas – 12x sem juros

Aproveitar

Adoçantes, entenda tudo sobre os substitutos do açúcar

Daniel Darugna Saúde 0 comentários">0 comentários
adocantes

Olá! Com o número crescente de pesquisas que apontam para os perigos do açúcar, as empresas estão querendo proteger sua imagem através da promoção de alternativas “saudáveis”, os adoçantes! Desta forma, eles podem manter seus rótulos extravagantes com a imagem de “produto saudável” e protegendo a lucratividade com suas vendas em alta.

Se você ainda não leu nosso artigo sobre o açúcar, não perca tempo! Leia já Açúcar faz MAL à saúde MAIS do que se pensa!

Bom, agora que você já leu sobre o açúcar e seus perigos como síndrome metabólica, obesidade, doenças cardiovasculares e diabetes tipo II, iremos abordar algumas alternativas do açúcar. Com este artigo você será capaz de tirar suas próprias conclusões e fazer suas escolhas:

Adoçantes! Conheça os principais substitutos do açúcar

Mel

Muitas pessoas pensam no mel como uma alternativa melhor do que o açúcar comum. Será que isto é uma verdade? O apelo do mel é que não é apenas a frutose ou glicose, mas uma mistura de todos os tipos de compostos, minerais e muito mais.

Um estudo comparando o mel com vários tipos de compostos resultou em bons resultados: Em termos gerais, o mel melhorou os lipídios no sangue, provocou uma diminuição dos marcadores inflamatórios, e teve um efeito mínimo sobre os níveis de glicose no sangue.

Junto com isso, o mel resultou num menor pico de glicose arterial em ratos comparado com outros tipos de açúcar.

Néctar de agave

Este é o mais recente queridinho falso da “indústria alimentar saudável”. Infelizmente, apesar do fato de se tratar de um cacto, que é natural, este material é muito processado ​​e refinado, além de conter uma quantidade absurda de frutose refinada (90% de frutose e 10% de glicose).

Além disso, o processo para criar este material é semelhante ao processo utilizado para criar o xarope de milho rico em frutose.(assunto que será abordado em outro post).

LEMBRE-SE: A cocaína também vem de uma planta natural e não é por isto que ela é saudável!

Aspartame

Então, muitas pessoas passaram a beber refrigerante diet porque ouviram que o refri normal faz mal. Eu diria que 90% dos refrigerantes diet por aí contém aspartame, uma alternativa de açúcar criado em laboratório.

Estudos sobre essas coisas provaram inconclusivos e totalmente diferentes (muitas fontes controversas). Embora alguns estudos citem uma ligação do aspartame com o câncer, enxaqueca e labirintite mas não há estudos que comprovem. eu acredito que mais estudos precisam ser feitos.

Mesmo assim, tomamos a decisão de evitar o aspartame aqui em casa até que estudos mais conclusivos nos apontem uma direção.

Sucralose

A sucralose é um adoçante artificial que é não-calórico e considera-se que seja cerca de 600 vezes mais doce do que a sacarose (açúcar de mesa).

Portanto, podem ser consumidos em pequenas quantidades para obter o mesmo efeito desejado do açúcar. Sucralose está disponível em coisas como Whey Protein e outros produtos que precisam permanecer com baixo teor de açúcar ou low-carb.

Alegam os estudos que a sucralose tem um efeito insignificante sobre os níveis de glicose no sangue, não possui calorias, não causa cáries e não é tóxica.

Stévia

A estévia é um adoçante natural da família do girassol. É vista como um edulcorante natural, pois tem como origem uma planta.

É cerca de 300 vezes mais doce do que o açúcar de mesa, mas seu sabor tem residual é amargo. Presume-se que tenha um efeito menor sobre os níveis de glicose no sangue.

A Stevia teve uma história interessante nos Estados Unidos por razões políticas que não abordaremos aqui no post, mas segundo nossas fontes ela tem sido usada no Japão e na América do Sul, com efeitos adversos mínimos.

Sacarina

A sacarina é outro adoçante artificial, criado em finais de 1890, que é muito mais doce do que o açúcar de mesa e, portanto, é consumido em quantidades inferiores.

Ela foi ligada ao aumento do risco de cancro dentro ratos de laboratório e identificado como perigoso pelos EUA. Embora este rótulo foi removido em 2000 pelo fato de que os resultados não puderam ser replicados em humanos. Além disto tudo, ela possui um sabor residual amargo.

Dito isto, mais estudos precisam ser realizados para que isto entre na nossa lista de compras.

Assista também um vídeo que fala um pouco da Sacarina:

Assista aqui um vídeo sobre os tipos de adoçante:

ATENÇÃO!!!

Falamos aqui algumas vezes sobre como estes adoçantes se comportam na elevação de açúcar no sangue, isto é totalmente relacionado a sensibilidade à insulina que pode diminuir com o tempo e nos transformar em diabéticos do tipo II. Se você não quer ser um diabético do tipo II no futuro, leia Dicas para melhorar a sensibilidade à insulina para emagrecer melhor

Você sabia também que o açúcar vem também dos carboidratos? Sim! Todo carboidrato vira açúcar no sangue. Alguns com mais rapidez e outros mais lentamente. A velocidade que o carboidrato vira açúcar no sangue é medido pelo índice glicêmico, por isto recomendo a leitura do artigo [Conceitos] Entenda de Índice Glicêmico para emagrecer

Considerações Finais

Se você tiver que comer açúcar, apte por frutas ou adoçantes naturais. Com isso dito, minimize o efeito sobre o açúcar no sangue, reduzindo o consumo total de açúcar (inclusive dos carboidratos), se o seu objetivo principal é a perda de peso. Converse com seu nutricionista, monte um plano de ação e mãos à obra!

Saúde Tags: , ,

Quer emagrecer? Deixe seus dados e receba periodicamente nossas dicas de dieta e estilo de vida saudável!

Daniel Darugna

Formado em Administração, certificado Project Manager Professional pelo PMI. Faixa marrom de Jiu-Jitsu. Alquimista na cozinha. Pesquisador na área da Saúde e Fitness e evangelista de um estilo de vida saudável. 

Artigos Recentes:

Receba em seu e-mail dicas sobre emagrecimento e estilo de vida saudável...