Quero começar o artigo de hoje deixando uma coisa bem clara: Estas dicas para emagrecer não são uma pílula milagrosa e nem o suco emagrecedor da última moda. Estas dicas provavelmente não vão te dar uma barriga trincada em 6 semanas. São grandes metas e promessas sedutoras que pela minha experiência prática e estudos quer acompanho levam você mais à decepção e fracasso do que ao verdadeiro e duradouro resultado.

É justamente por isso que aqui no DoceDieta fazemos as coisas de forma um pouco diferente, propomos à você coisas que realmente funcionam. E isto não acontece tão rápido como um passe de mágicas. Contudo, quando as nossas dicas aqui são combinadas, elas começam a gerar resultados duradouros.

E esta é a nossa grande meta, inspirar você para as coisas que realmente funcionam para que você cada vez mais saiba identificar as lorotas do marketing do emagrecimento e alimentos.

Bom, chega de desabafo. Para resumir, o que eu comento abaixo é o tipo de abordagem que sempre funciona para perda de gordura e ganho muscular. Por isto, preste atenção e se ficar em dúvidas, faça suas próprias pesquisas e consulte um profissional de sua confiança, ok?

Não perca, no final deste artigo vou te passar algumas recomendações de leitura para você que REALMENTE está querendo dar um passo a frente e mudar de vida. Da mesma forma que eu mudei e tantas pessoas que já se inspiraram nas nossas dicas que também já mudaram e hoje vivem sem problemas com o peso, ok?

1) Você precisa de proteínas

Toda vez que você comer uma refeição sem proteína, você estará aumentando a probabilidade de permanecer com fome e tornando mais difícil manter o peso.

Quando você come outros alimentos como os carboidratos, você dá um estímulo muito grande para a produção de insulina. A Insulina limpa o excesso de açúcar no sangue, armazenando este açúcar principalmente na forma de GORDURA. Mesmo os chamados alimentos conhecidos como saudáveis podem ser perigosos se consumidos de forma exagerada. Um grande exemplo são as frutas, que podem engordar.

RELACIONADO: Dicas para melhorar a sensibilidade à insulina para emagrecer melhor

As proteínas pode ser a sua solução de na alimentação. Ela controla o açúcar no sangue, mantém você mais saciado, reduz a fome, e queima mais calorias durante o processo de digestão para que você possa ficar em forma.

Resumo da 1ª Dica para emagrecer:
Os Carboidratos não são ruins, assim como as gorduras também não são ruins. O problema é quando você comer eles sozinhos, pois eles vão desencadear uma série de eventos que irão sabotar seus hábitos alimentares saudáveis. Desta forma, se você for comer uma refeição ou mesmo um lanchinho, garanta a proteína para emagrecer e evitar o stress.

RELACIONADO: Proteína – O que são as proteínas e para que servem

2) Não tenha medo de gordura

Se tem alguma coisa que a ciência conseguiu provar nos últimos anos, é que a ingestão de gordura ajuda a tornar as pessoas magras.

Na verdade, o Instituto Americano de Medicina recomenda que a gordura seja composta por 20 a 35 por cento das calorias totais ingeridas. Cuidado, não significa que você pode correr para o fast-food mais próximo. As gorduras que você deseja incluir em sua dieta são gorduras saudáveis, como a gordura do leite, carne vermelha, produtos de carne de porco e gorduras monoinsaturadas como nozes, abacates e óleos saturados saudáveis. Cuidado com os perigosos óleos vegetais, leia abaixo o porquê.

RELACIONADO: Óleos Vegetais são tóxicos, CUIDADO

Um relatório publicado no British Journal of Nutrition descobriu que uma dieta rica em gorduras monoinsaturadas ajudou as pessoas a perderem pequenas quantidades de peso e gordura corporal sem alterar a ingestão de calorias.

Outro relatório descobriu que um almoço rico em gorduras monoinsaturadas pode aumentar a queima de calorias por 5 horas após a refeição, particularmente em pessoas com maior quantidade de gordura na barriga. Além do mais, a pessoas que tiveram uma abordagem “high-fat” precisaram de 25 dias a menos para perder 5kg do que aqueles que utilizaram uma abordagem de “high-carb”, de acordo com pesquisadores da Universidade Johns Hopkins. E isso foi em uma dieta de 30 por cento de gordura!

RELACIONADO: [Fomos todos enganados] A gordura é saudável, entenda tudo que está por trás deste mito

Resumo da 2ª Dica para emagrecer:
A gordura é sua amiga! Enquanto você longe de frituras, gorduras trans e óleos parcialmente hidrogenados, as gorduras saudáveis ​​que você come te farão mais magro.

Para quem tem dúvidas sobre o que usar para substituir óleos na cozinha segue a lista dos melhores:

  1. Banha de Porco. (o melhor de todos, assim como nossos avós faziam)
  2. Óleo de coco.
  3. Manteiga. (Manteiga de verdade, preste atenção ao que você está comprando)
  4. Azeite de Oliva. (Está em quarto na lista, porque ao esquentar perde um pouco de suas propriedades e o ponto de queima ocorre mais rapidamente)

3) Coma comida de verdade

Apesar da propaganda de baixas calorias, low-carb, ou zero gordura, os alimentos “diet” no supermercado podem ser a pior coisa para o seu corpo se você está tentando perder peso.

A razão é muito simples: os alimentos diet tentam enganar o seu cérebro. Eles lhe dão o sabor de uma refeição de alto teor calórico, sem todas as calorias, mas são preenchidos com produtos químicos, adoçantes artificiais e conservantes. Infelizmente, o seu cérebro não é enganado assim tão facilmente. Pelo contrário, ele vai desejar mais alimentos, que faz com que você coma demais.

Além disso, os alimentos diet geralmente não têm nenhum benefício nutricional. Portanto, não só você está ganhando peso, você também está privando seu corpo de nutrientes necessários que protegem a sua saúde geral.

Pior ainda, refrigerantes diet e açúcares artificiais podem aumentar o risco de síndrome metabólica, que inclui níveis mais elevados de gordura da barriga, de açúcar no sangue e colesterol, de acordo com os estudos dos cientistas da Universidade de Minnesota.

RELACIONADO: O que o Dr. Lustig e a Dra. Epel podem nos ensinar sobre o Vício em Açúcar

Resumo da 3ª Dica para emagrecer:
Prefira sempre alimentos integrais não processados e não industrializados. Mas Daniel, o que isso significa?

Simples, significa evitar ou eliminar TUDO que esteja disponível no supermercado que contenha uma lista de ingredientes. Principalmente os que contenham algum ingrediente que seja difícil entender o que é, ou que soa como alguma coisa química. Simples assim.

Como orientação geral, busque mais produtos frescos e menos itens embalados.

4) Aprecie a sua comida!

Comer muito rápido faz você ganhar peso, de acordo com pesquisadores japoneses. Logo, não é apenas o que você come que fará você sentir-se saciado.

Em seus estudos, os japoneses descobriram que as pessoas que comiam mais rápido ganharam mais peso do que aqueles que comeram mais devagar. A dica então é desacelerar e aproveitar. Seu estômago leva cerca de 20 minutos para processar a comida e, em seguida, sinalizar para o seu cérebro que você está cheio. Ter uma abordagem mais lenta na hora de comer, não só vai te deixar mais satisfeito, mas também irá ajudá-lo a comer menos.

Resumo da 4ª Dica para emagrecer:
Não seja 8/80! Você não precisa trazer um timer para as suas refeições. Mastigar libera mais sabor ao seu paladar, o que tornará todas as suas refeições mais saborosas e agradáveis. Quanto mais você mastiga, mais tempo vai levar você para comer e mais você vai se sentir saciado. Sem contar que, é muito mais bonito, um ritual mais calma para realmente apreciar a comida em vez de engolir empurrando tudo para dentro em uma única mordida, certo?

5) Preocupe-se menos, coma menos

Respire fundo antes de se dirigir para a cozinha para preparar sua próxima refeição. Como você sabe, quanto mais estressado você estiver, mais conforto através da comida você irá buscar.

Isto tem base científica, pois os cientistas já descobriram o porquê: O estresse ativa a grelina, um hormônio que faz você sentir fome. Quando você está estressado antes de comer, ele altera os níveis de dopamina, segundo os pesquisadores da University of Texas Southwestern Medical Center. O resultado: Você não consegue se satisfazer com sua refeição, fazendo você desejar mais comida.

RELACIONADO: Como parar de comer por impulso emocional

Resumo da 5ª Dica para emagrecer:
Enquanto um dia estressante pode parecer impossível de superar, o estresse em seu corpo é como um interruptor de luz: Ele é ligado e desligado com muita facilidade.

O que eu procuro fazer antes de comer quando estou estressado é buscar alguma distração que me acalme, como ouvir música, ligar para um amigo, assistir algo na TV e dentro de 5 a no máximo 10 minutos, os níveis de estresse diminuem já posso comer normalmente.

6) Curte Sobremesa? Então desfrute-a!

É fissurado em sobremesa e ficar sem parece uma tortura para você? Então vá em frente!

Quando você está tentando emagrecer, a pior coisa que podemos fazer é proibir e se privar de tudo, criando uma sensação de prisão. Pesquisadores alemães descobriram que essa mentalidade faz com que seja mais difícil de manter um plano. Uma abordagem mais eficaz é aquela que permite satisfazer os seus desejos em porções controladas.

Resumo da 6ª Dica para emagrecer:
Dentro de qualquer dieta, de 10 a 20 por cento de suas calorias podem ser direcionadas para um pequeno deslize. A chave em garantir o tamanho da porção, de modo que uma xícara de sorvete não se transforme em uma tigela inteira.

7) Shake de proteína

Eu sempre tomei whey para emagrecer, ele não é apenas para atletas ou fisiculturistas. Este pó de proteína pode realmente ajudá-lo a perder barriga. Para quem não conhece, a aparência pode intimidar, mas isto é exatamente o que o seu corpo deseja: uma fonte eficiente de proteína que é baixo em calorias, que ajuda a preservar seus músculos e ajuda você a perder mais gordura e não apenas peso.

O tipo mais eficiente de proteína é de soro de leite. De acordo com um estudo no Journal of Nutrition, os participantes que tomaram proteína de soro do leite (Whey Protein) por 23 semanas tiveram menos gordura corporal e uma cintura menor do que aqueles que consumiram proteína de soja.

Na verdade, quem incluiu proteína de soro de leite em seu plano de alimentação duplicou a sua perda de gordura em comparação com aqueles que comeram o mesmo número de calorias, mas não beberam nenhum shake de whey.

RELACIONADO: Benefícios do Whey Protein para emagrecer

Resumo da 7ª Dica para emagrecer:
Tomar um shake de whey, uma vez por dia ou pelo menos algumas vezes por semana não vai fazer mal algum. Apenas garanta que o shake de whey serão sempre uma opção secundária e não substitutos de refeição.

Considerações Finais

Estas são 7 dicas simples para emagrecer sem cair nas lorotas do marketing da indústria.

Funcionou para mim e cientistas comprovam isto através de seus estudos independentes. Espero que conseguido colocar pelo menos uma pulga atrás da sua orelha para um passo adiante na sua transformação pessoal!

Recomendações de leitura:
Os Pilares de um Estilo de Vida Saudável.

Meta SMART – Gerencie com sucesso seu projeto de emagrecer

Faça seus hormônios trabalharem a seu favor no emagrecimento

Grande abraço, até já.